13 Fevereiro 2018

Dia de portas abertas na Igreja da Dormição de Maria

Concerto de órgão, visita ao mosteiro, venda de livros e deliciosas comidas. Um dia de portas abertas na Igreja da Dormição de Maria para peregrinos e moradores de Jerusalém.

Atualidade e Eventos

Loading the player...
Embed Code  

Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Copy the code below and paste it into your blog or website.
<iframe width="640" height="360" src="https://www.cmc-terrasanta.org/embed/dia-de-portas-abertas-na-igreja-da-dormicao-de-maria-14377"></iframe>
Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Por favor, envie um email para :
info@cmc-terrasanta.org

Assunto: Pedido de Vídeo de Alta Qualidade

Mensagem:
Arquivo Pessoal / promoção CMC / TV Broadcasting

http://cmc-terrasanta.com/pt/video/atualidade-e-eventos-1/dia-de-portas-abertas-na-igreja-da-dormicao-de-maria-14377.html

Nenhuma parte deste vídeo podem ser editadas ou disseminada sem um acordo com antecedência com o Christian Media Center acordarem os termos e condições de publicação e distribuição.
Uma paisagem que penetra os olhos e invade a alma do espectador. Contemplar a cidade de Jerusalém é fazer memória e eternizar palavras e caminhos por onde Jesus, os discípulos e Nossa Senhora passaram. Esta foi uma das propostas do dia de portas abertas da Abadia da Dormição de Maria. Um dia inteiro de visitas ao interior do mosteiro e terraço, venda de livros usados, concerto de órgão e de experimentar um delicioso churrasco alemão preparado pelos próprios monges.

Pe. NIKODEMUS CLAUDIUS SCHNABEL, osb
Prior Administrador da Abadia da Dormição - Jerusalém
“Todos que são daqui ou estão em Jerusalém são bem-vindos! Pessoas de todos as crenças podem vir, comer, rezar, encontrar outras pessoas, visitar o terraço e aproveitar a vista.”

Esta é a quinta edição do evento, que ocorre tradicionalmente no sábado antes da Quarta-feira de Cinzas, seguindo o tempo festivo de carnaval na Alemanha. A ideia foi ainda mais motivada com a visita do Papa Francisco à Terra Santa, em 2014, quando incentivou os cristãos a abrirem suas portas, casas, hospitais. Na basílica, construída no Monte Sião da Cidade Velha, vivem monges beneditinos alemães, que chegaram ao local no início do século XX. Contudo, devido a situações de guerra, eles se estabeleceram definitivamente apenas depois da Segunda Guerra Mundial.

Uma oportunidade para quem está visitando a cidade e conhecer mais a abadia. Um espaço de atividades ecumênicas e inter-religiosas e voltado também a católicos de língua alemã residentes em Jerusalém.

I. TANASEANU-DOBLER
Professora Universidade de Gottingen - Alemanha
“É um evento importante para se conhecer um pouco do Oriente Médio na Alemanha porque estudantes vêm para cá. E, assim, podem fazer a experiência com a Terra Santa e conhecer a vida de um mosteiro. Uma oportunidade para os jovens jovens se atualizarem e aprenderem mais sobre a liturgia beneditina e a vida monástica.”

O louvor a Deus é a tarefa principal de uma comunidade beneditina. Aqui, isto é feito com a ajuda dos órgãos localizados no coro da Igreja e por meio dos dedos de organistas do próprio mosteiro ou convidados, como Angela Metzger, uma musicista alemã, que veio especialmente para este dia de portas abertas.

Além dos mosaicos, pinturas e imagens, é a música levando cada um à oração. Um dia singular de se aproximar de Deus e de Nossa Senhora, no lugar onde, segundo a tradição, aconteceu a sua Dormição.