07 Dezembro 2017

Papa Francisco e líderes das Igrejas de Jerusalém: “Cidade Santa tem vocação à paz”

Quarta-feira, 6 de dezembro antes da declaração oficial do presidente americado, Donald Trump, Papa Francisco e líderes das igrejas locais reforçaram a vocação à paz da Cidade Santa.

Atualidade e Eventos

Loading the player...
Embed Code  

Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Copy the code below and paste it into your blog or website.
<iframe width="640" height="360" src="https://www.cmc-terrasanta.org/embed/papa-francisco-e-lideres-das-igrejas-de-jerusalem-cidade-santa-tem-vocacao-a-paz-13939"></iframe>
Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Por favor, envie um email para :
info@cmc-terrasanta.org

Assunto: Pedido de Vídeo de Alta Qualidade

Mensagem:
Arquivo Pessoal / promoção CMC / TV Broadcasting

http://cmc-terrasanta.com/pt/video/atualidade-e-eventos-1/papa-francisco-e-lideres-das-igrejas-de-jerusalem-cidade-santa-tem-vocacao-a-paz-13939.html

Nenhuma parte deste vídeo podem ser editadas ou disseminada sem um acordo com antecedência com o Christian Media Center acordarem os termos e condições de publicação e distribuição.
Durante a tradicional catequese, no Vaticano, Papa Francisco expressou profunda preocupação diante da intenção do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de mudar a embaixada americana de Tel Aviv para Jerusalém e de reconhecer a Cidade Santa como capital de Israel.

O Santo Padre dirigiu “um forte apelo para que seja compromisso de todos respeitar o status quo da cidade, em conformidade com as pertinentes Resoluções das Nações Unidas”.

“Jerusalém”- continuou Francisco, “é uma cidade única, sagrada para os judeus, cristãos e muçulmanos, que nela veneram os Locais Santos das respectivas religiões, e tem uma vocação especial à paz”.

Rezou, pedindo a Deus para que esta identidade seja preservada e que assim sejam evitados novos elementos de tensão num panorama mundial já turbulento e marcado por inúmeros e cruéis conflitos.

Em conformidade com a mensagem do Papa, os patriarcas e líderes das Igrejas Locais de Jerusalém, entre eles o administrador apostólico , Dom Pierbattista Pizzaballa e o custódio da Terra Santa, Padre Francesco Patton, enviaram uma carta pública ao presidente americano.

Diz o texto: “Jerusalém, é a cidade de Deus, é a cidade de paz para nós e para o mundo. Hoje, no entanto, é terra de conflitos. Aqueles que amam Jerusalém precisam trabalhar fazer dessa terra lugar de paz, vida e dignidade para seus habitantes”.