15 Junho 2016

Fr. Pierbattista Pizzaballa, 12 anos guardião do Monte Sião

O trailer do especial realizado para repercorrer a missão de Custódio da Terra Santa de Padre Pierbattista Pizzaballa. Doze anos de encontros, inciativas e desafios.

Loading the player...
Embed Code  

Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Copy the code below and paste it into your blog or website.
<iframe width="640" height="360" src="https://www.cmc-terrasanta.org/embed/fr-pierbattista-pizzaballa-12-anos-guardiao-do-monte-siao-11099"></iframe>
Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Por favor, envie um email para :
info@cmc-terrasanta.org

Assunto: Pedido de Vídeo de Alta Qualidade

Mensagem:
Arquivo Pessoal / promoção CMC / TV Broadcasting

http://cmc-terrasanta.com/pt/video/os-cristaos-na-terra-santa-2/fr-pierbattista-pizzaballa-12-anos-guardiao-do-monte-siao-11099.html

Nenhuma parte deste vídeo podem ser editadas ou disseminada sem um acordo com antecedência com o Christian Media Center acordarem os termos e condições de publicação e distribuição.
“Custódio do Monte Sião e do Santo Sepulcro durante 12 anos”, é o tema do especial realizado em homenagem a Padre Pierbattista Pizzaballa. Ele mesmo conta em entrevista os desafios e as alegrias destes anos.

PE. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Custódio emérito da Terra Santa
“Muitos me perguntam sobre meu futuro. Antes de mais nada eu sou frade e portanto, um frade, como todos, faz seus planos, porém um frade também é filho da obediência. Eu dei muita obediência, também obedeci muito como Custódio, mas vai chegar o momento em que mais alguém vai me dizer, como Jesus disse a São Pedro, aonde ir e é bom que seja assim”.

PE. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Custódio emérito da Terra Santa
“Estou me preparando para esta passagem que não é simples, humanamente, pois são 25 anos de Oriente Médio, isto é, metade da minha vida, a parte significativa da minha vida ocorreu inteiramente aqui, eu tenho 50 anos e [passei] 25 aqui. Após 12 anos de serviço como Custódio, em um certo contexto, deixar tudo isso humanamente não é simples, requer preparação, também estou me preparando espiritualmente para isso, depois vou viver o que tiver que fazer com a liberdade que eu puder e procurar ter”.

S.B . MICHEL SABBAH
Patriarca emérito da Terra Santa
“Vi Padre Pizzaballa custódio, jovem, [o] que surpreendeu muitos, eu acho, pela sua idade, se bem que ele fosse até mesmo mais jovem no espírito do que na idade, sinal de maturidade”.

S.E. Dom GIUSEPPE LAZZAROTTO
Núncio Apostólico em Israel e Delegado Apostólico em Jerusalém e na Palestina
“A sensação que tenho neste momento é perder um irmão mais velho”.

A presença secular dos Franciscanos na Terra Santa e nos santuários e a cultura e a identidade cristã no Oriente Médio sempre foram um desafio, assim como o diálogo ecumênico e inter-religioso.

PE. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Custódio emérito da Terra Santa
“Um dos aspectos pouco conhecidos da Custódia da Terra Santa é a relação quase diária e muito próxima, eu diria quase íntima, com as Igrejas cristãs não católicas. O encontro entre o Patriarca Bartolomeu e o Papa Francisco foi um divisor de águas, ou talvez a conclusão de um processo e o início de outro. Como já disse em outras circunstâncias, as relações entre as diferentes Igrejas se tornaram muito mais cordiais - certamente cada um permanece no seu âmbito - mas muito mais cordiais”.

Pe. Pierbattista Pizzaballa acolheu os dois papas em peregrinação à Terra Santa: Bento XVI em 2009 e Francisco em 2014. Foi ainda o grande interlocutor para o histórico encontro dos jardins vaticanos de 8 de junho de 2014 entre o Papa Francisco e o Patriarca de Constantinopla Bartolomeu I com o presidente de Israel Shimon Peres e Mahmoud Abbas dos Territórios Palestinos. Ao longo do encontro, judeus, cristãos e muçulmanos rezaram juntos pela paz.

O desafio com os meios de comunicação. Trinta e três emissoras do mundo inteiro transmitem o Terra Santa News.

PE. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Custódio emérito da Terra Santa
“É consolador sempre que viajo pelo mundo e ouço: “vimos através do Terra Santa news o que vocês estão fazendo, conhecemos vocês, agora sabemos quem vocês são”; este é um grande consolo, que retribui muitas fadigas”.

Os desafios da situação complicada na Síria.

PE. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Custódio emérito da Terra Santa
“A Síria de hoje é uma ferida profunda no Oriente Médio inteiro, na vida cristã, pois a Síria é o lugar do primeiro cristianismo; é uma ferida profunda também para nós franciscanos, é uma guerra atroz. Tive a oportunidade de estar ali alguns meses atrás. O País está irreconhecível, está totalmente destruído”.

A pergunta sobre a oportunidade de ficar ou não em áreas de risco. "Um pastor não abandona seu rebanho ... – recorda padre Pierbattista Pizzaballa – As pessoas não precisam apenas de pão para viver. Às vezes é mais importante uma palavra de conforto, um abraço ou um aperto de mão. Especialmente em um momento dramático”.

PE. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
“A primeira palavra que quero dirigir a padre Pierbattista é OBRIGADO, pois se ele foi Custódio da Terra Santa durante 12 anos, isso significa que desempenhou um serviço com grande sabedoria, com grande capacidade de governo e de animação e também de criar aquelas pontes para as quais todos nós somos convidados a cooperar. Acho que padre Pierbattista é um grande recurso para a Custódia da Terra Santa e espero que isso continue”.

Pode-se encontrar o especial completo no site do Christian Media Center.