09 Maio 2018

Um rito especial para a festa de São Jorge, “Príncipe dos mártires”

Todos os anos, nos dias 5 e 6 de maio, a Igreja Ortodoxa celebra a festa de São Jorge, o mártir de grande importância para eles. Uma comemoração que reúne experiências espirituais e ritos religiosos.

Os cristãos na Terra Santa

Loading the player...
Embed Code  

Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Copy the code below and paste it into your blog or website.
<iframe width="640" height="360" src="https://www.cmc-terrasanta.org/embed/um-rito-especial-para-a-festa-de-sao-jorge-principe-dos-martires-14921"></iframe>
Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Por favor, envie um email para :
info@cmc-terrasanta.org

Assunto: Pedido de Vídeo de Alta Qualidade

Mensagem:
Arquivo Pessoal / promoção CMC / TV Broadcasting

http://cmc-terrasanta.com/pt/video/os-cristaos-na-terra-santa-2/um-rito-especial-para-a-festa-de-sao-jorge-principe-dos-martires-14921.html

Nenhuma parte deste vídeo podem ser editadas ou disseminada sem um acordo com antecedência com o Christian Media Center acordarem os termos e condições de publicação e distribuição.
Como em todos os anos, no dia 5 de maio, Naseem incia a preparação do pão que será distribuído a fiéis, parentes e amigos na Festa de São Jorge. Numerosos cristãos, como também muçulmanos, vêm de toda a Palestina até o vilarejo de Al Khader, a poucos quilômetros de Belém, para este dia de festa.

NASEEM HELAL
Padeiro – Belém
"Temos uma tradição muito antiga: as pessoas fazem seus votos pelos doentes e lhes dão o pão da festa na esperança de que possam ficar curados. Os cristãos ortodoxos e, até mesmo os muçulmanos, acreditam que Al Khader (São Jorge) é um santo que intercede pelos pobres e necessitados."

Os fiéis vão ao Mosteiro de São Jorge no início da manhã, guiados pela paixão e fé, para esta cerimônia. O que surpreende é que alguns fiéis participam das celebrações depois de terem caminhado longas distâncias com os pés descalços.

ILHAM QUMSIEH
Beit Sahour
“Nós nos lembramos de São Jorge porque ele é um grande santo, comparável aos apóstolos e sofreu muito. Nós o amamos muito e sempre chegamos aqui vindo de longe, andando descalços por mais de oito quilômetros."

ARCHIMANDRITA HANANIA
Mosteiro de São Jorge – Vila de Al Khader
"Desde que São Jorge deu tudo a Deus, Deus lhe deu o poder de responder às demandas de cristãos e não-cristãos: os fiéis muçulmanos e outras crenças participam da festa e fazem seus pedidos. Ele é muito respeitado, o que é evidenciado pelo fato de muitos terem seu nome."

Um dos gestos mais significativos é com as crianças, que se vestem como São Jorge, enquanto os adultos acendem grandes velas para realizarem seus votos.

São Jorge continua sendo um dos mais importantes mártires da história da Igreja Ortodoxa e um exemplo para qualquer pessoa que tenha fé em Cristo.

ARCHIMANDRITA HANANIA
Mosteiro de São Jorge – Vila de Al Khader
"Peço a São Jorge que nos conceda paz à alma e ao coração e aguardo o dia em que a paz reinará em todo o mundo".